11.1.08

Muito obrigado, senhor ministro




Há quem diga (marco antonio dixit) que é da mais elementar justiça termos para com o senhor ministro das obras públicas alguma dose de compreensão e benevolência. Eu não vejo a coisa assim. A meu ver não são compreensão e benevolência que lhe devemos. Mas sim um elevado agradecimento. Se não, vejamos.

Porque é que, de repente, apareceram dois ou três estudos sobre alternativas à OTA? Lembre-se que foram esses estudos, especialmente o da CIP, que obrigaram o governo a encomendar o estudo decisivo do LNEC. Sem o qual teríamos hoje a OTA como uma fatalidade indesejável, mas sem alternativa viável. Logo, uma certeza.

Ora, o estudo da CIP só apareceu exactamente por causa do "enorme" empenho do senhor ministro na defesa da OTA. Exactamente por que o senhor ministro, na celebre palestra na Ordem dos Economistas, mas não só aí, defendeu que "na margem sul, jamé!" e recorreu a infelizes e despropositadas metáforas do foro médico. Se ele não tivesse tido aquele tão infeliz desempenho, acham que se teria continuado a falar assim tanto no caso do Novo Aeroporto? Creio que se falaria muito menos. E, nesse caso, aí sim, a OTA teria sido agora apresentada como uma inevitabilidade.

Razões pelas quais eu acho - mas isto sou eu a achar, que ainda iremos um dia agradecer ao senhor ministro o seu enorme papel nesta decisão de trazer "o Aeroporto da OTA para a margem sul". Digo eu.



15 comentários:

bordadagua disse...

E agora Vendas Novas?

Vira-se para o interior(Évora) ou antes pelo contrário vai acompanhar a evolução do concelho vizinho - Montijo?

Marco António disse...

... / ...

Vistas bem as coisas, eu até estou inteiramente de acordo consigo!

Não fora, de facto, alguns exageros, com grande aproveitamento mediático, nas afirmações do ministro Lino e o estudo da CIP, muito provavelmente não teria surgido, a opinião pública não seria despertada e mobilizada, e corria-se o risco de poder vir a vingar, como muitas vezes acontece, a prática muito generalizada do facto consumado.

Nesta perspectiva, não me repugna nada aceitar que ao ministro Lino, pelas piores razões naturalmente, os portugueses ficarão a dever o aparecimento de uma proposta alternativa à Ota, proposta essa que depois de devidamente apreciada por uma entidade isente e competente como é o LNEC, veio a fundamentar uma decisão governamental num sentido totalmente oposto ao que era já dado como quase certo:

OTA JAMAIS!

ALCOCHETE TOUT DE SUITE!

alentejodive disse...

Pois! É a vida.

Marco Alves disse...

E se fosse “OTA jamé”? Será que a decisão final seria na mesma Alcochete?
Eu quero acreditar que sim porque são estudos imparciais elaborados por entidades imparciais e sem qualquer influência política na decisão final. Acredito também que o estudo do LNEC que hoje recomenda Alcochete também recomendaria a mesma localização final se o Sr. Ministro fosse um acérrimo defensor do Aeroporto na Margem Sul. E a oposição? Qual seria a sua atitude se ouvissem “OTA Jamé”?

Como o próprio nome indica oposição significa opor-se a algo. Ora se o Sr. Ministro e o próprio Governo defendessem a Margem Sul desde o inicio possivelmente a estratégia opositora seria outra. Mas oposição é isso mesmo: opor-se. Mesmo que concorde com algumas decisões não o deverá afirmar e deverá defender sempre a hipótese contrária.

Também gosto daquela da “Disciplina de Voto dos Deputados”. Segundo reza, Deputado que é Deputado deverá votar de acordo com a sua bancada partidária caso contrário poderá ter problemas. Mas será impressão minha ou o significado de “Disciplina” e “Voto” não combinam muito bem? Já se disciplinam votos em Portugal?

bordadagua disse...

Está o caldo entornado!....

Os socialistas da região Oeste convocaram uma reunião de emergencia para este fim de semana.

Será que vai haver"guerra" com os socialistas da margem Sul?

Isto é que vai uma açorda!!!!

alentejodive disse...

Afinal, quem ganha e quem perde com esta decisão?

Ganha a região sul vs região centro?

Ganham a região sul e a região norte?

Perdem as regiões centro/oeste/este?

Como é?

alentejodive disse...

Olá, Marco.


Tudo bem. Sónão tenho a tua opinião quando dizes: "Mas oposição é isso mesmo: opor-se."

Parece-me mais que o papel da oposição será (ou deveria ser?) apresentar ou propor alternativas.

Mas tenho que concordar que, muitas vezes, na prática não é assim que acontece. Enfim, políticas!

MFQ disse...

Caros Amigos

Muito pertinente a observação do Marco. Na prática o papel da(s) nossa(s) oposição(ões) passa muito mais por contrariar(em) o Governo, ainda que concorde(m) com as suas opções, do que encontrar(em) alternativas credíveis. A prática corrente dos nossos representantes leva-me a desconfiar de tudo o que dizem. É um peditório para o qual já dei.

Quanto à questão “quem ganha e quem perde com esta localização?” não tenho dúvidas que Vendas Novas sai valorizada nesta “bolsa de valores” depois da decisão de ontem. Se a nossa cidade estivesse cotada em bolsa certamente teria caído a pique aquando do encerramento do SAP e agora estaria novamente em alta com esta decisão do Governo.

MFQ

alentejodive disse...

"... não tenho dúvidas que Vendas Novas sai valorizada nesta “bolsa de valores” depois da decisão de ontem.."

Eu não teria assim tanta certeza. Embora reconheça que, dum ponto de vista económico, poderá vir a ter mais factores de competitividade.

MouTal disse...

Este "bordadágua" faz-me lembrar um deputado da primeira legislatura o Acácio Barreiros da UDP.

Outro assunto:
Então não era o Dr. Mário Soares o homem que tinha comprado os terrenos todos à volta da Ota?
Então quem são agora os otários?

Então o Vanzeler é dono dos terrenos onde se vai implantar parte do novo aeroporto? Não será outra vez o Mário Soares?

Vamos lá a ter tento na língua e a deixar de mandar bocas a coberto do anonimato.

bordadagua disse...

Olá amigo Moutal

Gostei do seu comentário.

Aproveito para acrescentar que na RTP-N num programa dedicado ao novo aeroporto estavam presentes dois representantes dos seus interesses económicos:

- o defensor da Ota era o sr.Henrique Neto.....

-o defensor de Benavente/Montijo o sr.Vanzeller.....

Amigo Moutal eu não os inventei.Eles estavam no programa.

Saudações e não "morda" a sua língua pois poderá ter que utilizar as urgências do nosso Centro de Saúde ou na pior das hipóteses ir parar às Urgencias de Évora.

Um abraço amigo MouTal
Admiro o seu blog das "bonecas".

MouTal disse...

Meu caro "bordadágua"
O facto do Sr.Vanzeller estar no programa da RTP a defender o aeroporto em Alcochete, é um facto...mas o meu caro amigo escreveu num comentário sobre a posse dos terrenos onde vai ser implantado o novo aeroporto o seguinte: "e ao que consta pertencem à família Vanzeller".
É que o meu caro amigo sabe tão bem como eu, que é assim que nascem os boatos.
Se sabe que os terrenos em causa são da família Vanzeller, não escreva "e ao que consta".
Continue a passar pelo "cartunesebonecos" e apreciar...
E não se preocupe que eu morda a língua...não tem veneno nenhum.

Marco António disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marco António disse...

... / ...

Gostei desta resposta e felicito o seu autor.

Quanto á “boca” da família Vanzeller, gostaria de solicitar aos leitores do AL, até porque me ficou a sensação de que ele terá passado despercebido a muita gente, o favor de revisitarem o “post” intitulado “Aeroporto da Ota será em Alcochete” com data de 10-01-2008 e se dessem à maçada de perderem alguns segundos a lerem o meu comentário das 18.58h.

Permitir-me-ei, agora que este assunto da família Vanzeller parece querer ganhar outros contornos, deixar-vos um slogan muito em voga aquando da guerra no ultramar e que neste contexto pode ganhar alguma acuidade:

O BOATEIRO É O NOSSO MAIOR INIMIGO!!!

meretissimo disse...

Novamente e à semelhança do que fez o AL no seu comentário, temos que agradecer à família VanZeller o facto de ter terrenos na zona do aeroporto e ter prestado este serviço ao país.

O que mais me chocou hoje foi ouvir a noticia do "negócio" das pontes com a Lusoponte e o facto de o Ministro que o fez, em 1994, ser hoje o presidente da referida empresa. Dá que pensar...

E lembrando a mensagem de ano novo do PR tb choca os honorários recebidos pelo presidente da PT, que segundo a revista visão são aprox. 185000€ mensais.